Câmara aprova requerimento de Cebolinha e cria comissão para investigar Correios

image_pdfimage_print

Toco, Linho, Maurício Baroni e Cebolinha formam a comissão, que se reunirá toda terça-feira, às 13h30, na sala de Reuniões da Câmara

A Câmara Municipal de Indaiatuba realizou a 3ª Sessão Ordinária do 1º semestre de 2015. Com participação dos vereadoresHelton Antonio Ribeiro, Antonio Sposito Junior (Toco), Bruno Arevalo Ganem, Carlos Alberto Rezende Lopes, Massao Kanesaki, Derci Jorge Lima, Gervásio Aparecido da Silva, Hélio Alves Ribeiro, Luiz Carlos Chiaparine, Maurício Baroni, Túlio José Tomass do Couto e presidida pelo vereador Luiz Alberto ‘Cebolinha’ Pereira, a sessão teve 32 indicações, nove moções e um requerimento; além de cinco projetos na Ordem do Dia.
Entre as ações aprovadas por unanimidade durante a sessão, o destaque ficou para o requerimento assinado pelo presidente da Casa, Cebolinha, que cria uma comissão de representação para apurar possíveis irregularidades na (Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (EBTC), uma vez que a população vem realizando constantes reclamações dos serviços da empresa. A Comissão será presidida pelo presidente da Casa Cebolinha e pelos vereadores Maurício Baroni, Toco e Linho.
Os membros da comissão têm 30 dias para concluir os trabalhos, a partir da data de publicação na Imprensa Oficial do Município, e irá se reunir toda terça-feira, às 13h30, na Sala de Reuniões da Casa. “Não é possível mais aceitar o que está ocorrendo em Indaiatuba; as correspondências não estão chegando nas residências de todos os bairros do Município, incluindo correspondências importantes como o extravia de cartões bancários e de saúde, documentos confidenciais e outros; daí a ideia de formar a Comissão”, explica Cebolinha.
Entre as indicações, Maurício Baroni solicita a expansão do projeto “Praça Digital”, de sua autoria, implantado em 2012 na Praça Rui Barbosa, que disponibiliza sinal de internet para a população pré-cadastrada.
Gervásio solicita implantar uma farmácia de distribuição de medicamentos 24h na unidade de atendimento UPA e a implantação de uma unidade móvel para castração de animais, o Castra Móvel.
Massao Kanesaki destacou a moção feita à Acenbi pela 1ª Clínica Internacional de Beisebol de Indaiatuba, capacitando atletas, técnicos e professores de Indaiatuba, que visa popularizar o esporte e mostrar o conceito extra-campo do beisebol, que não é só um esporte: é formador de cidadãos. A Clínica foi ministrada por estrelas mundiais do esporte e a prática já teve início na rede Municipal de Ensino de Indaiatuba, já sendo praticado em escolas como, por exemplo, a do Parque das Nações. “Nesses 10 dias, Indaiatuba foi a Capital do Beisebol e isso muito nos orgulha”, destaca Massao.
ORDEM DO DIA
A Ordem do Dia contou com cinco projetos a serem debatidos e votados pelos vereadores. O primeiro projeto, do vereador Helton Ribeiro, concede o Título Honorífico “Cidadão Benemérito “Dr. Caio da Costa Sampaio” a Júlio César Joly, aprovado por unanimidade. O título deverá ser entregue em Sessão Solene, que deverá ocorrer no próximo mês de julho, em data ainda a ser confirmada.
O Projeto de Lei 007/2015, da Mesa da Câmara, também foi aprovado em 2ª votação e propõe um remanejamento de verbas no valor de R$ 180 mil. O valor sai da dotação da ficha destinada aos custos com pessoal civil e vai para a dotação de material de consumo.
O 3º projeto da noite, do Executivo Municipal, autorizou a transposição orçamentária consignadas no orçamento vigente e foi aprovado por unanimidade.
Vistas
Já o 4º projeto, também do Executivo Municipal, dispõe sobre alteração das Leis Municipais que dispõem sobre o Plano Plurianual de Investimento, que dispõe sobre a Lei orçamentária de 2014las diretrizes. A verba refere-se ao remanejamento de verbas dentro da Secretaria da Família e Bem-Estar Social, voltada para ações sociais voltadas para o Município. O projeto teve pedido de vistas do líder do Governo Maurício Baroni, diante da colocação do vereador Carlos Alberto Rezende Lopes (Linho), que pediu mais explicações sobre a ação.
O último projeto aprovado na noite de segunda-feira (2), dá nova redação ao art 1º da Lei 6.414 de 29 de janeiros de 2015, que autoriza a abertura de crédito adicional suplementar no orçamento do Saae, voltada para a criação do Museu da Água.
A próxima sessão de Câmara acontece dia 9 de Março, às 18h, no Plenário da Câmara.

Você pode gostar...